Rebentaram-as-aguas-e-agora

Rebentaram as águas! E agora?

A bolsa de águas ou mais precisamente de líquido amniótico protege o bebé durante a gravidez.

Pode romper antes, no início, durante ou só no final do trabalho de parto. Existe também a possibilidade de o bebé poder nascer ainda dentro da bolsa.

A grávida pode sentir apenas uma sensação de água morna a escorrer (sensação de estar molhada) sem qualquer dor. O líquido pode sair numa golfada ou como num jato de água que encharca a mulher e molha o chão (rutura baixa ou franca) ou pouco a pouco (rutura alta), conforme o tamanho e a localização da rutura.

Nem sempre é necessário ir a correr para o hospital. Os estudos disponíveis indicam que 9 em cada 10 bebés dão início ao trabalho de parto até 48h depois de uma rutura completa.

Há que ter em conta o seguinte:

A hora em que ocorreu a rutura, para poder informar o profissional de saúde, especialmente se a rutura ocorreu antes do início de contrações regulares. É importante ter esta informação porque, em Portugal, existe um limite de tempo para perder líquido amniótico. 

 O líquido amniótico é transparente, não tem cheiro (pode cheirar a maresia ou sal) e deixa manchas incolores na roupa, o que o distingue da urina e/ou corrimento.

Se houver alterações na cor ou cheiro do líquido amniótico, deve dirigir-se de imediato para o hospital para avaliação.


The waters burst! And now?

The bag of water or, more precisely, of amniotic fluid protects the baby during pregnancy.

It may rupture before, at the beginning, during or only at the end of labor. There is also the possibility that the baby may still be born in the pouch.

Pregnant woman may feel only a sensation of warm water flowing (feeling of being wet) without any pain. The liquid can come out in a gulp or as in a jet of water that soaks the woman and wets the floor (low or open rupture) or little by little (high rupture), depending on the size and location of the rupture.

It is not always necessary to run to the hospital. Available studies indicate that 9 out of 10 babies start labor within 48 hours of a complete rupture.

But pleas epay attention to the following recomendations:

The time when the rupture occurred, in order to inform the health professional, especially if the rupture occurred before the beginning of regular contractions. It is important to have this information because, in Portugal, there is a time limit for losing amniotic fluid.

 The amniotic fluid is transparent, has no smell (it can smell like beach or salt) and leaves colorless stains on clothing, which distinguishes it from urine and / or vaginal discharge.

If there are changes in the color or smell of the amniotic fluid, you should immediately go to the hospital for evaluation.

Fonte: Manual da Rede Portuguesa de Doulas – Adaptado por Maternalvita

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.