Ao longo dos tempos, têm-se criado mitos acerca do aleitamento materno. A Maternalvita, partilha consigo alguns dos mitos criados!

Mitos na Amamentação

Mitos na amamentação

O aleitamento materno é um ato fisiológico natural e com inúmeros benefícios comprovados pela ciência.
No entanto perduram ao longo de gerações mitos e crendices que podem pôr em causa um processo instintivo.

Hoje partilhamos alguns deles, porque são muitos e cada dia surgem mais alguns!

  • A amamentação é fácil!
    Muitas mães pensam que a amamentar é só pôr o bebé na mama e já está! E apesar de a fisiologia ser essa mesma e de a maioria dos bebés nascerem com o reflexo de procurar pela mama da mãe, às vezes é preciso apoio prático e informação para esclarecer dúvidas e receios naturais desta fase. Coisas simples como saber como posicionar o bebé durante a mamada e explicar o que é uma pega adequada, e que não é normal que o bebé adormeça na mama ou que leve 2 horas a mamar! 

    A amamentação leva tempo e prática para mães e bebés e muitas vezes é necessário aprender a amamentar!

  • É normal ter fissuras, dor e mamilos macerados!
    Não! Não é normal doer durante a mamada! Já ouvi muitas avós, tias e amigas dizerem à mãe que a dor é normal e que a mama precisa ganhar “calo”!!!!
    Muitas mães sentem desconforto nos primeiros dias após o nascimento, é normal sentirem sensibilidade no mamilo, mas não dor!! Mãe e bebé estão a conhecer-se e a aprender a amamentar.  Se houver dor ou desconforto o ideal é contatar uma Doula, C.A.M. ou um profissional que possa auxiliar e avaliar o posicionamento do bebé e a pega para ajudar ultrapassar o desafio.

  • O leite é fraco!
    Não existe leite fraco! Cada mulher produz o leite adequado ao seu bebé e na quantidade necessária. Em alturas de picos de crescimento, o nosso organismo leva cerca de 24 a 48 horas a adaptar a produção às necessidades do bebé.

  • Lavar os mamilos antes de amamentar!
    Lavar os mamilos antes de amamentar não é necessário. Exceto em casos em que a mãe esteja a aplicar alguma medicação tópica (pomadas com antibióticos ou antifúngicos) que não possa ser ingerida pelo bebé ou com óleos essenciais. Caso contrário não é necessário lavar os mamilos, pois quando os bebés nascem, eles já estão muito familiarizados com os cheiros e sons da própria mãe. Os mamilos produzem uma substância que o bebé cheira e tem “boas bactérias” que ajudam a construir o sistema imunológico saudável dos bebés para a vida toda.

  • Evitar comer certos alimentos durante a amamentação!
    Uma dieta equilibrada e uma alimentação saudável durante a gravidez é para manter durante a amamentação. Em geral, não há necessidade de mudar hábitos alimentares. Os bebés são expostos às preferências alimentares das mães desde o útero. Se uma mãe perceber que o bebé reage a um alimento específico que ela come, pode consultar o profissional de saúde que os acompanha.

    E há muitos, muitos mais…!!



Myths in breastfeeding

Breastfeeding is a natural physiological act and has numerous benefits proven by science.
However, myths and beliefs that can jeopardize an instinctive process persist through generations.

Today we share some of them, because there are many and every day there are more!

  • Breastfeeding is easy!
    Many mothers think that breastfeeding is just putting the baby in the breast and that’s it! And although the physiology is the same and most babies are born with the reflex of looking for the mother’s breast, sometimes practical support and information is needed to clarify doubts and natural fears of this phase. Simple things like knowing how to position the baby during a feed and explaining what a proper latch is like , and that it is not normal for the baby to fall asleep at the breast or that it takes 2 hours to feed!

    Breastfeeding takes time and practice for mothers and babies and it is often necessary to learn to breastfeed!

  • It’s normal to have cracks, pain and macerated nipples!
    No! It’s not normal to hurt during a feed! I’ve heard many grandmothers, aunts and friends tell the mother that the pain is normal and that the breast needs to get “callus”!!!! Many mothers feel discomfort in the first few days after birth, it is normal to feel nipple tenderness, but not pain!! Mother and baby are getting to know each other and learning to breastfeed. If there is pain or discomfort, it is ideal to contact a Doula, C.A.M. or a professional who can assist and assess the baby’s positioning and latch at the breast to help overcome the challenge.

  • Milk is weak!
    There is no such thing as weak milk! Each woman produces the right milk for her baby and in the amount needed. In times of peak growth, our body takes around 24 to 48 hours to adapt production to the baby’s needs.

  • Wash your nipples before breastfeeding!
    Washing your nipples before breastfeeding is not necessary. Except in cases where the mother is applying some topical medication (ointments with antibiotics or antifungics) that cannot be ingested by the baby or with essential oils. Otherwise it is not necessary to wash the nipples, as when babies are born they are already very familiar with the smells and sounds of their mother. Nipples produce a substance that the baby smells and has “good bacteria” that help build a baby’s healthy immune system for life.
  • Avoid eating certain foods while breastfeeding!
    A balanced diet and healthy eating during pregnancy is to maintain while breastfeeding. In general, there is no need to change eating habits. Babies are exposed to their mothers’ food preferences from the womb. If a mother finds that her baby is reacting to a specific food she eats, she can consult with the health care professional that accompanies them.


    And there are more…much more!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.