Benefícios do Yoga na gravidez e parto

Benefícios do Yoga na Gravidez e o Parto

  1. Promove relaxamento e controle da ansiedade.
    A respiração consciente e focada é uma ferramenta eficaz durante gravidez para ajudar a acalmar e reduzir a ansiedade. Também é uma técnica maravilhosa para ajudar no controle da dor, permitindo que a mulher se concentre e relaxe durante o trabalho de parto.

  2. Melhora a aptidão geral (resistência) e a saúde durante a gravidez e o parto. 
    As práticas de exercício calmo são benéficas para o sistema nervoso e hormonal, enquanto as práticas mais enérgicas e fortalecedoras são ótimas para o sistema cardiovascular. Muitas posturas são terapêuticas para o sistema circulatório e podem ajudar a reduzir a pressão arterial. Todos esses benefícios são compartilhados entre a mãe e seu bebé em crescimento (o que é bom para a mãe é bom para o bebé e vice versa!)

  3. Promove o bem-estar emocional ( ligação ao ponto # 1 – relaxamento e gestão de ansiedade) (bem como o ponto # 12 – capacitação). 
    O yoga aumenta o prazer da mulher na jornada da gravidez como um período especial e um tempo sagrado e a encoraja a honrar a si mesma e a seu bebé enquanto cultiva os benefícios do amor próprio e da nutrição.

  4. O Yoga aumenta a força, flexibilidade e agilidade. 
    A mulher sente-se em melhor forma  para os desafios de trabalho de parto (especialmente para uma abordagem de parto ativo) e além disso o seu corpo é  capaz de se recuperar rapidamente no pós-parto (recuperação da força / perda de peso materno etc.)

  5. Tonificação profunda dos músculos do parto
    Particularmente do abdómen transverso (parede musculares do útero e pélvica) ajudará a mulher a “dar à luz” e, novamente, facilitará uma recuperação pós-parto mais rápida (por exemplo, reduzir ou prevenir incontinência / prolapso de esforço e ajuda na recuperação de pontos).

  6. Melhora a circulação geral e pode ajudar na retenção de líquidos (reduzindo o inchaço nos tornozelos / pernas).

  7. Pode reduzir ou aliviar problemas nas costas comuns na gravidez. 
    O foco de força e flexibilidade das posturas pode ajudar a aliviar a dor nas costas, pescoço e quadril, que muitas vezes é causada pelo aumento do esforço nos nervos da coluna dorsal devido ao aumento do peso do bebé e também o aumento do tamanho das mamas.

  8. Melhora a postura (que se relaciona com o ponto # 7). 
    A dor nas costas diminui quando a postura está mais alinhada conscientemente, minimizando a curva lordótica pré-natal da coluna lombar.

  9. Alivia / previne as dores comuns da gravidez, ajudando a mulher a desfrutar de uma vida mais confortável  na gravidez.
    Pode ajudar a aliviar azia / edema (retenção de líquidos), cãibras musculares / prisão de ventre, etc.

  10. Melhora o equilíbrio e a coordenação, aumentando a graça.

  11. Ajuda uma mulher a sentir-se mais consciente e poderosa! ‘Yoga é atenção’.
    O relaxamento consciente ajudará a mãe a ficar presente, relaxar, reviver e reorientar suas energias. Quebrando o ‘ciclo de medo-tensão’, quando as situações ficam mais desafiadoras e exigentes, ela é capaz de usar sua consciência e ferramentas de ioga para se manter calma e com os pés no chão o que terá um efeito positivo na redução da ansiedade e aumenta o bem estar do bebé.

  12. O Yoga pode capacitar a mulher (relaciona-se com o ponto 11).
    As práticas de ioga ajudam a desenvolver o mental e o físico e a força necessária na preparação para os desafios futuros e para enfrentá-los com coragem e equanimidade. Ela ‘Sabe’ que o ioga pode ser uma ferramenta e ajuda valiosa que a impede de se sentir passiva e, em vez disso, sentir ‘em controle ‘, independentemente de como as coisas acontecem. Também fornece  a perspectiva necessária e aceitação se as coisas não acontecem de acordo com o plano de nascimento esperado e incentiva a qualidade iogue da entrega e apenas sentir e aceitar as coisas exatamente como estão, sem a necessidade de mudá-las ou julgá-las.




BENEFITS OF YOGA FOR PREGNANCY & BIRTH 

  1. Promotes relaxation and stress management.
    Awareness and control of the breath is an effective tool during  pregnancy to help calm and reduce anxiety. It is also a wonderful technique to help with pain management,  allowing the woman to focus and relax during labour. 

  2. Improves general fitness (stamina) and health for the pregnancy and birth.
    The calming practices are beneficial  for the nervous and hormonal system whilst the more energizing and strengthening practices are great for the  cardiovascular system. Many poses are therapeutic for the circulatory system and can help reduce blood pressure. 
    All of these benefits are shared between the mother and her growing baby (what is good for mum is good for baby and vice versa!)

  3. Promotes emotional wellbeing (connected to point #1 – relaxation and stress management) (as well as point #12-empowering).
    It enhances the woman’s enjoyment of the journey of pregnancy as a special  and sacred time and encourages her to honour herself and her baby within whilst cultivating the benefits of selflove and nurturing. 

  4. Yoga increases strength, flexibility and agility.
    The woman is in the best possible shape for the challenges of labour (particularly for an Active Birth approach) and beyond and her body more able to recover quickly after baby  has arrived (regaining of strength/maternal weight loss etc.) 

  5. Deep toning of the birth muscles (particularly the Transverse Abdominis, muscular walls of the uterus and pelvic  floor) will help the woman ‘birth lightly’ and again will facilitate a speedy postnatal recovery (e.g. reduce or prevent  stress incontinence/prolapse and aid in recovery of stitches). 

  6. Improves overall circulation and can help with fluid retention (reducing swelling in the ankles/legs).

  7. Can reduce or alleviate back problems common in pregnancy.
    The strength and flexibility focus of the postures  can help ease back, neck and hip pain, which is often caused by the increasing stress on the spinal nerves by the growing weight of the baby and also the increase in breast size (which causes a kyphosis of the thoracic spine).

  8. Improves posture (which relates to point #7).
    Back pain eases when posture is more consciously aligned,  minimizing the prenatal lordotic curve of the lumbar spine.

  9. Alleviates/prevents the common aches and pains of pregnancy, helping the woman enjoy a more comfortable pregnancy.
    Can help ease heartburn/oedema (fluid retention), muscles cramps/constipation etc.

  10. Improves balance and coordination, enhancing grace.

  11. Helps a woman birth consciously and powerfully! ‘Yoga is attention’.
    Conscious relaxation will help the mother  to stay present, relax and revive and refocus her energies. Breaking the ‘fear-tension cycle’, even when things get  very challenging and demanding, she is able to use her yoga awareness and tools to stay calm and grounded  which will have a positive effect on the baby.

  12. Yoga can empower woman (relates to point #11).
    The yoga practices help her develop the mental and physical  strength needed in preparation for the challenges ahead and to face them with courage and equanimity. She  ‘knows’ that yoga can be a valuable aid and tool that keeps her from feeling passive, and instead feeling ‘in  control’, regardless of how things eventuate. It also provides her with the necessary perspective and acceptance if  things don’t go according to her hoped-for birth plan and encourages the yogic quality of surrender and just being  with things exactly as they are without the need to change or judge them

Post em parceria com Jan Michelle Yoga

Autora : Jan Michelle Yoga
www.janmichelleyoga.com
Instagram @janmichelleyoga

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.